Sociedade

Novo ataque armado faz um morto e quatro feridos na da província de Manica

Uma criança de 11 anos morreu e quatro adultos, sendo dois homens e igual número de mulheres contraíram ferimentos, entre graves e ligeiros em consequência de um ataque armado ocorrido na manhã deste Domingo, na região de Inchope, distrito de Gondola.

Novo ataque armado faz um morto e quatro feridos na da província de Manica

O ataque contra um autocarro da Transportadora Nagi Investimentos que fazia o trajecto Nampula-Maputo ocorreu por volta das sete horas na região de Arco-íris, há cerca de cinco quilómetros do Cruzamento de Inchope.

Segundo testemunhas, o autocarro da Nagi Investimentos saiu no Sábado, de Nampula com destino a Maputo, tendo pernoitado no distrito de Gorongosa temendo ataques armados que ocorrem na estrada nacional número um.

Na manhã deste Domingo, minutos depois de ter iniciado a marcha, eis que o que se evitava veio a acontecer: foi embocado por homens armados em número não especificado, os quais dispararam vários tiros, resultando inicialmente em cinco feridos, sendo um em estado critico e que veio a perder a vida a caminho do Hospital distrital de Gondola.

Os feridos contaram ao “O País” como tudo aconteceu. Noémio João que apanhou o autocarro em Mocuba e juntou-se a outros passageiros que viajavam para Maputo.

“Só de repente ouvimos tiros, eu estava sentado ao lado da criança que acabou morrendo. Sofremos quatro pessoas”, contou Noémio, que dado aos ferimentos graves que teve, na companhia de outros dois feridos tiveram que ser transferidos para o hospital provincial de Chimoio.

Uma fonte do hospital distrital de Gondola que disse não ter autorização para dar entrevista, confirmou à nossa reportagem o óbito e quatro feridos que deram entrada naquela unidade sanitária.

Aliás, o “O País” testemunhou o momento em que o corpo do menor de 11 anos que morreu no ataque, era levado para a morgue do Hospital distrital de Gondola. (O PAIS)

Deixe seu comentário

SAIBA MAIS